Frente pela implementação da Lei 13.935/2019 ganha apoio da Vice-Governadora

Em reunião realizada em ambiente virtual na terça-feira, 23, representantes da Frente Estadual Pela Inclusão de Assistentes Sociais e Psicólogos na Educação (FIASPE) estiveram com a Vice-Governadora Eliane Aquino para discutir caminhos para implementação da Lei 13.935 que prevê a inserção de psicólogas(os) e assistentes sociais na rede básica de educação.

Apresentadas as argumentações, ao final, Eliane Aquino se comprometeu a articular e ampliar o diálogo entre a Frente e secretários de Estado para efetivação da lei que vigora no Brasil desde 2019, que embora fixe o período de um ano para sua implementação em todo o território nacional, – prazo esgotado em novembro de 2020 - nem o Estado de Sergipe, nem os municípios sergipanos regulamentaram a legislação em âmbito local.

Para o psicólogo Marcus Paulo Cardoso Argolo (CRP 19/2623), Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de Sergipe e um dos coordenadores do Grupo de Trabalho Psicologia Escolar e Inclusão, a Vice-Governadora de demonstrou-se sensível a pauta.

“Apresentei as atribuições do Psicólogo escolar na educação e possibilidades de atuação nas equipes multidisciplinares, além dos impactos positivos, principalmente no período pós-pandemia”.

Participaram da reunião Eloisa Galdino, assessora técnica da vice-governadoria, Rosane Cunha, assessora técnica e coordenadora do Programa Sergipe Pela Infância da SEIT, representantes do Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe (Sindasse), do Sindicato dos Psicólogos de Sergipe (Sindipsi), da Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (FETAM), da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Coletivo de Assistentes Sociais Resistência e Luta. 

 

Com informações FIASPE

Redes Sociais