CRP19 participa de reunião com a SEDUC para discutir sobre edital de remoção interna

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe participou nesta quarta-feira, 26, de reunião virtual com a Secretaria de Estado da Educação para discutir sobre o Edital N° 18/2021, referente a Abertura de Inscrição no Processo de Remoção dos Professores de Educação Básica da Rede Pública Estadual de Sergipe com habilitação em Psicologia para atuar no Departamento de Apoio ao Sistema Educação/DASE/SEDUC.

Além de debater sobre os critérios estabelecidos no edital, a reunião, solicitada pelo deputado estadual Iran Barbosa (PT), a pedido da Frente Sergipana pela Inserção do(a) Assistente Social e de Psicólogo(a) na Educação, tratou ainda da inclusão dos profissionais de Psicologia e Serviço Social na rede pública de educação básica do Estado.

reunião seduc.png

O Deputado Iran Barbosa questionou a ausência de previsão de psicólogo na estrutura da carreira pois legalmente não existe essa possibilidade.

“Se há psicólogos recebendo pela Secretaria da Educação, tem uma coisa a ser esclarecida melhor. Inclusive todo e qualquer cargo, diferente do cargo do magistério, que antes era integrado por docentes especialistas e a partir de modificações legais, passamos a ter professor de educação básica. Não há, na estrutura da secretaria, o cargo de psicólogo vinculado a educação. O professor, mesmo que tenha formação na Psicologia, mesmo que tenha registro, se o cargo é de professor, não pode proferir com a fé de professor, do cargo dele, relatório psicológico”.

O diretor do RH da SEDUC, Jorge Costa, explicou que SEDUC tem a responsabilidade do gerenciamento total dos processos seletivos e que o PSS pode ser um indicativo para realização de um concurso público. “

“Esse processo seletivo simplificado é para atender a urgência que as nossas escolas têm por esses profissionais. Numa das justificativas, defendo um PSS como preparativo para um concurso público. Porque os cargos estão em vacância no PCCV para psicólogo e assistente social, e não são poucas vagas”.

Ao final do encontro ficou encaminhado que a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura fará uma reanálise do edital de remoção interna. Além disso, foi pactuado que será dada uma resposta com brevidade sobre o estudo técnico apresentado pela FIASPE, na perspectiva da construção do processo seletivo para contratação do Assistente Social e Psicólogo, e posteriormente a realização do concurso público.

Participaram da reunião Deputado Estadual Iran Barbosa, Professora Ana Lúcia, assessora do mandato de Iran Barbosa, Conselheiro Marcus Argolo e Conselheira Kezyane  Menezes, coordenadores do GT Psicologia Escolar e Inclusão do CRP19, Itanamara Guedes(FETAM/CUT), Ygor Machado (Sindasse) e Edmundo Freire (Sinpsi), representando a  FIASPE.

Redes Sociais