Janeiro Branco: II Jornada de Saúde Mental – Aracaju(SE)

09/01/2019 -20H20

              A II Jornada de Prevenção em Saúde Mental reuniu, na sexta-feira, 25, profissionais de diversas áreas para uma abordagem multidisciplinar de cuidados em saúde mental e emocional. O evento alusivo à Campanha Janeiro Branco foi realizado na Clínica Integrada Homo, em Aracaju(SE), e teve como tema a “Prevenção em Saúde Mental numa abordagem Biopsicossocioespiritual”.

               A abertura do encontro ficou por conta da psicóloga e violinista Stefania Crestana Nogueira Lima que deu um tom artístico com um repertório de músicas clássicas e populares.

               Na primeira palestra da manhã, o médico obstetra Carlos Alberto Melo Santiago, especialista em Psicologia Transpessoal, , apresentou o tema “Afeto para o feto: prevenção em saúde mental no período da gestação”. O médico explanou sobre a criação de vínculos afetivos entre a mãe e o filho ainda no ventre como um importante meio de favorecer a saúde mental e emocional em todas as fases da vida.

               A médica psiquiatra, Norma Alves de Oliveira, presidente da Associação Sergipana de Psiquiatria,. deu continuidade aos trabalhos com a temática “Transtornos depressivos: da psicofarmacologia ao self transpessoal”. A Mestra em Ciências da Saúde trouxe ao público conceitos da depressão à luz da psiquiatria clássica e encerrou sua preleção com os novos paradigmas da Psicologia Transpessoal e sua contribuição para o tratamento dos transtornos de humor.

               “Ansiedade: identificando, compreendendo e tratando” foi o tema da palestra de Danilo Rocha Ribeiro (CRP 19/1904), presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização (COF), no Conselho Regional de Psicologia de Sergipe. O psicólogo tratou do assunto pela ótica da Terapia Cognitivo-Comportamental e esclareceu sobre os meios de prevenção da ansiedade e possibilidades de tratamento.

               O segundo bloco de palestras do turno matutino apresentou “As contribuições da Psicoterapia Transpessoal no tratamento do Transtorno Borderlaine de Personalidade”. A explanação foi realizada por Lívia Alves de Oliveira Cruz Souza (CRP19/1709), psicóloga clínica, especialista em Terapia Cognitivo Comportamental e em Psicologia e Psicoterapia Transpessoal.

               O Juiz de Direito da Comarca de São Cristóvão-SE, Manoel Costa Neto,   encerrou os trabalhos da manhã falando sobre “Dependência Química e Vazio Existencial”. O professor da Universidade Tiradentes fez uma relação entre a falta de um sentido para a vida com o uso abusivo de substâncias psicoativas entre os jovens e o risco de adoecimento mental e suicídio.

               No ciclo de palestras do turno da tarde, outros profissionais trouxeram suas contribuições com explanações sobre estratégias de cuidados com o corpo, mente, emoções, busca de um propósito de vida e sua relação com a promoção da saúde integral.

               A educadora física Madalena Gama de Oliveira abordou o tema “Terapia centrada no corpo e prevenção em saúde mental”. Madalena que é Reikiana, Massoterapeuta e Instrutora de Yoga, Pilates, Meditação e Respiração trouxe os benefícios à mental que são consequência dos cuidados com saúde corporal.

               Em seguida, a psicóloga Sara Raquel Vieira de Araújo (CRP 19/0590) palestrou sobre “Estratégias de enfrentamento ao estresse no ambiente organizacional”. A Mestra em Psicologia Social pela Universidade Federal de Sergipe e Especialista em Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas demonstrou alternativas de como o estresse no ambiente do trabalho pode desencadear doenças ocupacionais e apresentou alternativas de enfrentamento.

               A psicóloga Fabiana Santos Andrade (CRP 19/1962) convidou o público, no momento seguinte, para uma técnica de relaxamento por meio de visualização criativa e ministrou a palestra “Meditação e os benefícios à saúde mental”. A Mestra em Antropologia e Especialista em Violência, Criminalidade e Políticas Públicas pela Universidade Federal de Sergipe demonstrou como a prática da meditação pode contribuir de maneira efetiva para a promoção da saúde mental no curto, médio e longo prazos.

               O palestrante seguinte apresentou “O Reiki como recurso terapêutico no cuidado à saúde integral”. Jivan Naveen, Terapeuta Holístico, Professor de Yoga, Reiki Master e Massoterapeuta trouxe aos presentes aspectos conceituais e como esta técnica pode contribuir para a manutenção do equilíbrio e bem-estar, bem como os benefícios à saúde integral.

               A tarde foi encerrada com a palestra “Sentido e propósito de vida”, ministrada pela psicóloga Elizabeth de Freitas Andrade (CRP 19/2760). A palestrante, Mestra em Matemática pela University Of Texas At Austin – USA, Bacharel em Física e Especialista em Psicologia e Psicoterapia Transpessoal fez uma explanação sobre os principais “sentidos da vida”, pontuados por ordem de frequência em situações críticas da existência, e algumas citações de pensadores e personalidades da história da humanidade.

               A II Jornada de Prevenção em Saúde Mental foi um evento gratuito e aberto ao público e promovido pela Associação Sergipana de Psiquiatria (ASP), em parceria com o Conselho Regional de Psicologia de Sergipe (CRP19) e Instituto de Psiquiatria, Psicologia e Bioenergia Dr. Bezerra de Menezes (IPBEM).