JANEIRO BRANCO: saiba como participar da Campanha

19/01/2019 -20H29

                   O Janeiro Branco é uma Campanha que visa alertar a sociedade, os indivíduos e as instituições a respeito da importância, extensão e impactos da Saúde Mental na vida das pessoas. A proposta da Campanha é utilizar o início do ano como uma espécie de portal simbólico, cultural e temporal a partir do qual todas as pessoas possam refletir, debater e planejar ações em prol da saúde mental e emocional em suas vidas.

                   A realização de atividades durante a Campanha é voluntária e as(os) interessadas(os) que desejarem registrar seus trabalhos e receber certificação junto ao CRP 19, podem planejar as ações e enviá-las, antes da realização do evento, ao e-mail janeirobranco@crp19.org.br com os seguintes dados:

 

✔         EVENTO: Título e Caráter da Atividade (Roda de Conversa, Palestra, Oficina, Vivência, Panfletagem, Caminhada, Cine-Debate, Passeio Ciclístico, etc);
✔         DATA:
✔         LOCAL: Nome do Local onde ocorrerá a Ação com Endereço Completo;
✔         HORÁRIO:
✔         FACILITADORES: Nome completo da(o) Psicóloga(o) com CRP e, se houver, nome completo e função das(os) demais Facilitadoras(es);
✔         PÚBLICO ALVO: Pessoas a quem se destina a Atividade;
✔         REALIZAÇÃO: Se houver, Instituição que está promovendo o Evento;
✔         APOIO: Se houver, Instituições que apoiam a realização do Evento;
✔         CONTATO: Fone de Contato da(o) Psicóloga(o) ou voluntário responsável pelo Evento.

Cartilhas e panfletos educativos

                   O CRP 19 irá disponibilizar material gráfico (panfletos e cartilhas informativas) às(aos) profissionais que desejarem. Para isto, é necessário que a(o) psicóloga(o) faça uma estimativa do público que estará presente no evento e compareça à sede do Conselho Regional de Psicologia para buscar o material durante o mês de Janeiro. É imprescindível que cada colaboradora(or) estime a quantidade necessária de  materiais para a realização dos trabalhos a fim de que os panfletos disponibilizados pelo Conselho de Psicologia sejam suficientes para  contemplar as diversas equipes que estarão distribuídas em todo o Estado de Sergipe.

Quem pode participar da Campanha

                   Podem participar do Janeiro Branco todas(as) as(os) profissionais interessadas(os) em promover reflexões sobre a importância da temática da saúde mental, seja por meio da divulgação da Campanha ou com o desenvolvimento de atividades específicas sobre o assunto. Psicólogas(os), profissionais de saúde, estudantes, equipes de trabalho e voluntárias(os) de diferentes segmentos  podem se engajar no planejamento e desenvolvimento de  ações que auxiliem as pessoas a pensarem sobre o que precisam fazer para estar em harmonia com as diversas áreas de sua vida, com destaque para os cuidados com a saúde mental e emocional.

 Tipos de Ações

                   Qualquer atividade que promova reflexões sobre os temas da Campanha pode ser compreendida como uma ação do Janeiro Branco, desde que esteja alinhada ao propósito central de fomentar reflexões sobre qualidade de vida, bem-estar, cuidados com a saúde mental e emocional e temas afins.  Dentre as intervenções possíveis estão as rodas de conversa, palestras, panfletagens, caminhadas, cine debates, oficinas, vivências, saraus, contação de histórias, dinâmicas de grupo, blitz, encontros culturais, workshops, free hugs, mesas redondas, passeios ciclísticos, pit stop, ponto de encontro, simpósios, teatro de fantoches, plantões psicológicos, decoração de ambientes com o laço branco da campanha, atividades esportivas, dentre outras.

Temas possíveis

                   O mote da Campanha pode ser associado a outros temas transversais como forma de chamar atenção sobre o impacto que a saúde mental exerce na vida dos indivíduos, instituições e da comunidade, tais como, Qualidade de vida, Bem-estar, Questões de gênero, Adolescência, Envelhecimento saudável, Busca da felicidade, Prática de atividades físicas, Saúde mental nas Organizações, Auxílio profissional, Sentido e propósito de vida, Práticas integrativas, Novas tecnologias, Relacionamentos e vínculos afetivos, Arteterapia, Uso abusivo de álcool e outras substâncias psicoativas, Políticas públicas, Interdisciplinaridade, Mitos e preconceitos em saúde mental, Projeto de vida, Rede de Atenção Psicossocial, LGBTfobia e sofrimento psíquico, Questões raciais, Alternativas de prevenção e tratamento, Contextos biopsicossociais, Autoestima, Transtornos mentais, dentre outros.

Certificação das atividades

                   Após a realização do trabalho, para fins de certificação e publicização, a(o) voluntária(o) deverá enviar uma breve descrição do evento com os registros fotográficos do trabalho desenvolvido. O CRP 19 irá certificar todas(os) as(os) psicólogas(os) e equipes de voluntárias(os) conforme as atividades que forem realizadas.

 

Participe!
🙂
Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida!