Janeiro Branco: Matriciamento como método fortalecedor do SUS é discutido em roda de conversa em Ribeirópolis

01/02/2017 -17H51

                  “Conhecendo a rede de atenção psicossocial e reconhecendo o matriciamento como método fortalecedor do SUS e da promoção de saúde mental” foi o tema da roda de conversa  realizada na quarta-feira (31), na Unidade de Saúde da Família Dr. Djaume Francisco de Lima, em Ribeirópolis(SE). A atividade alusiva ao Janeiro Branco teve como facilitadores  o enfermeiro e residente em saúde mental pelo Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe,  Bruno de Andrade Silva  (COREN-SE 506096), a psicóloga Taís Fernandina Queiroz (CRP19/0741), Mestre em saúde coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia e a psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial “CAPS de Itabaiana(SE), Aline de Santana Andrade. O encontro, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirópolis,  reuniu trabalhadores das secretarias municipais de saúde, educação e assistência social do município.

.