Transtornos de humor, de ansiedade e fatores de risco ao suicídio em adolescentes

30/09/2017 -10H58


               O psicólogo Pedro Alves dos Santos Filho (CRP 19/1910) realizou na última segunda-feira, 25, palestra voltada aos profissionais da Fundação Renascer do Estado de Sergipe. Os trabalhos realizados na Instituição durante a Campanha Setembro Amarelo visaram alertar profissionais e socioeducandos sobre a realidade do suicídio e conscientizar sobre formas de prevenção e meios possíveis de intervenção.

               Para Elaine Santana, coordenadora de atendimento socioeducativo da instituição, discutir sobre transtornos mentais e prevenção ao suicídio foi de grande relevância para o corpo técnico da Fundação Renascer, visto que adquirir mais conhecimento sobre o assunto tornará os profissionais mais habilitados para lidar com a temática tanto em relação a si mesmos quanto em relação aos adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, seja no sistema de privação de liberdade ou em semiliberdade.

                “Suicídio não é um assunto fácil, mas extremamente necessário. Precisamos aproveitar a tônica da Campanha e adquirir conhecimentos que possam nos dar subsídios para qualificar o atendimento aos adolescentes e, consequentemente, trabalhar a prevenção. Percebi que durante a nossa roda de conversa os profissionais demonstraram bastante interesse pelo tema e isso é muito bom para a quebra de tabus. Como não temos setor de Recursos Humanos em nossa instituição, achei extremamente importante envolver os profissionais na Campanha, visto que os cuidados com saúde mental devem ser de interesse universal”, relatou.