Unidades Básicas de Saúde e Centros de Referência recebem palestras de Prevenção ao Suicídio em Aquidabã

18/09/2017 -23H08


               A campanha Setembro Amarelo em Aquidabã(SE), cidade do médio sertão sergipano, tem promovido, nas Unidades Básicas de Saúde do município, palestras sobre depressão. O trabalho realizado pela psicóloga Aracelis Antunes Carvalho (CRP 19/1915), juntamente com as equipes técnicas das unidades, visa alertar profissionais e usuários sobre os cuidados com a saúde mental como meio de valorização da vida e prevenção ao suicídio.

               Entre os dias 13 e 15 de setembro as Unidades Básicas de Saúde da Família, Hilda Ferreira II, Marta Barreto e Getúlio Vargas reuniram profissionais e usuários para debater sobre prevenção e alternativas de intervenção voltadas a pessoas que precisem de auxílio profissional ou que estejam sob risco de suicídio.
Médicos, enfermeiros, assistentes sociais, técnicos e auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e usuários das unidades participaram das palestras e rodas de conversa que aconteceram nas unidades. Os encontros foram marcados por momentos de partilhas e interação.

               Segundo a psicóloga, a temática tem sido desmistificada na cidade com a abordagem do assunto de forma clara e acessível em diversos espaços do município. “O suicídio é um fantasma que sempre assustou a nossa gente. Os habitantes de Aquidabã convivem com a realidade do suicídio há muitos anos, e continuar envolvendo a população em medidas de prevenção é fundamental. Entre agosto de 2015 e setembro de 2016 foram registrados 9 casos de suicídio em Aquidabã e isso é um número muito elevado se levarmos em consideração o nosso contingente populacional. Após a realização da “I Campanha de Valorização da Vida”, no Setembro Amarelo do ano passado, esse número caiu para 3, ou seja, entre setembro de 2016 e agosto de 2017 tivemos uma redução de 66% na taxa de suicídios em nosso município. Isso nos mostra que é possível reduzir estes números através da participação e do envolvimento de todos. O trabalho de prevenção voltado aos jovens e realizado nas escolas ano passado, as palestras de conscientização e a participação das pessoas que vestiram a camisa e foram às ruas levar informação nos mostram que a Campanha surtiu efeito e precisamos continuar avançando”, relatou.

               Thamires Carolline Santos Vitor, enfermeira do município, ressalta a importância do trabalho de conscientização. “A promoção de atividades educativas tem feito com que a população busque ajuda dos profissionais de saúde e isso tem diminuído o índice de suicídios em Aquidabã”, ressaltou.

               A cidade de Aquidabã conta este ano com uma programação que irá envolver profissionais e usuários das Secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social, além de diversas instituições privadas do município envolvidas com a causa. “Este ano estamos intensificando as ações com palestras e rodas de conversa que serão realizadas em diversos locais do nosso município. O mais importante é acolher os usuários dos serviços sem julgamentos ou preconceitos e sensibilizar os profissionais de saúde quanto à importância do acolhimento humanizado, esclarecendo à comunidade sobre os riscos e sinais de alerta. É preciso que a população não esmoreça e continue participando das atividades a fim de que possamos reduzir ainda mais as taxas de mortalidade por suicídio em nosso município”, concluiu Aracelis.

               A psicóloga irá realizar uma roda de conversa sobre Depressão, no dia 21, na UBS do povoado Moita Redonda. No dia 22, na UBS do povoado Cruz Grande. No dia 26, será a vez do CAPS Esperança que contará com uma palestra: “Uso Indevido de Substância Psicoativa e Comportamento Suicida: Conhecer Para Prevenir”.


               Em outros equipamentos do município, a psicóloga Luciana Soares (CRP 19/1881) estará desenvolvendo um trabalho voltado aos usuários da política de assistência social. No dia 19 de setembro, será realizada uma roda de conversa sobre “Fatores de Risco e Prevenção ao Suicídio na Adolescência” voltada aos educandos dos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos do CRAS Inephânio Cardoso. No dia 27, às 14h, uma palestra será ministrada ao Grupo de Idosos “Reviver” do Centro de Referência de Assistência Social.

               As ações da Campanha Setembro Amarelo que acontecem no município contam com o apoio do Conselho Regional de Psicologia de Sergipe, da Prefeitura Municipal e das Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social de Aquidabã.