CRP19 leva proposta de inserção de psicólogos nas escolas de São Cristóvão

21/06/2017 -20H36


              O presidente do Conselho Regional de Psicologia da 19ᵃ Região, Alan Santana, esteve na manhã dessa quarta-feira, no município de São Cristóvão (SE) para uma reunião com o prefeito Marcos Santana. O encontro aconteceu Procuradoria Geral do Município, no Centro Histórico, e contou com a participação do ex-vereador de Aracaju, Max Prejuízo, que também é psicólogo.  

               Na pauta, uma discussão sobre a possibilidade de inserção de psicólogos e assistentes sociais nas escolas municipais. A proposta tem como principal objetivo combater a evasão escolar e a violência no ambiente educacional, além de estimular uma participação mais efetiva das famílias com as escolas. O conselheiro presidente apresentou ainda experiências que deram certo em outras regiões do pais onde a atuação do Psicólogo edificou melhoria nas relações interpessoais e nos processos de ensino e aprendizagem. 

               “A atuação do psicólogo dentro da rede municipal de educação traz muitos impactos positivos. Além do caráter preventivo o profissional da Psicologia pode ser um agente de mudanças intensas de comportamento e convivência naquele ambiente”, explicou o conselheiro presidente Alan Santana.  

               Com o apoio e aval técnico do CRP19, um projeto se tornou lei no município de Aracaju por meio de uma propositura do então vereador Max Prejuízo. Depois de três anos em tramitação e de receber emendas da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara de Vereadores de Aracaju, no que tange as competências dos profissionais, a Lei 4.825/2016 foi sancionada em  19 de agosto de 2016.

               “A ausência de políticas públicas eleva os problemas causados por questões sociais. São casos de violência, bullying, fracasso escolar, dificuldade de aprendizagem, déficit de atenção. O psicólogo na rede municipal de ensino tem a possibilidade de identificar esses problemas e fazer um trabalho com o aluno e com a família. O professor também precisa ter uma equipe multidisciplinar que oriente a lidar com certas dificuldades daquele assistido pela instituição de ensino ”, falou  o ex-vereador e psicólogo Max Prejuízo.  

               O prefeito Marcos Santana ressaltou o compromisso do CRP19 com as questões sociais, e se comprometeu em discutir a proposta com a sua equipe de governo, especialmente das pastas de Educação e de Assistência Social.  “Não obstante as dificuldades orçamentárias que estamos enfrentando em nossa gestão, sempre estaremos abertos a discutir propostas que venham a melhorar a qualidade dos serviços públicos prestados à população, sobretudo quando se trata de Educação, que é uma das nossas prioridades”, explicou.

               São Cristóvão, a quarta cidade mais antiga do país, fica a 17 km da capital Aracaju. Possui, segundo a Secretaria Municipal de Educação, 42 instituições de ensino vinculadas ao município, com cerca de oito mil alunos matriculados.    

               “O Conselho Regional de Psicologia da 19ᵃ Região, agradece a receptividade do prefeito Marcos Santana e se coloca à disposição para colaborar, no que for necessário, para a implementação desse projeto na cidade de São Cristóvão”, finalizou Alan Santana.