CRP 19 discute Psicologia e Laicidade

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe, através da Comissão de Direitos Humanos em parceria com a Comissão de Políticas Públicas e CREPOP, realizou na quarta-feira, 3, a última atividade aberta ao público de 2014. Foi o projeto "Conversando sobre Psicologia e Laicidade" que reuniu no auditório da Estácio FASEestudantes e profissionais da área de Psicologia.

O primeiro expositor, o Professor Doutor Jean Kleber Matos, do departamento de Psicologia da Universidade Federal de Sergipe falou sobre "Ética, laicidade e práticas psi" e trouxe alguns pontos para reflexão a partir de autores como Foucault, Deleuze, Guattari com foco nos conceitos de 'periculosidade', 'sociedade disciplinar', 'governamentalidade'.

“É importante promover discussões acerca do exercício ético, do exercício do pensamento, da reflexão sobre nossas condutas nas mais diversas relações - das mais triviais às mais complexas, e como isso se insere na vida e como as reverberações de nossa condutas se dão para além de nós”, disse.

"Fundamentalismo religioso, algumas notas" foi o tema da exposição do segundo palestrante convidado: o Professor Doutor Romero Junior Venâncio, do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Sergipe. Com uma síntese genealógica da expressão "fundamentalismo", Romero Júnior disse ser esse um tema relativamente recente, iniciado partir do século XIX, associada a um projeto político-econômico. No segmento da religião, o professor doutor esclareceu que existem várias propostas de fundamentalismo em diversas vertentes religiosas. “Embora a prática fundamentalista seja em grande proporção derivada de movimentos religiosos, não foi intencionalmente cunhada no início dos mesmos movimentos religiosos. Assim, destacamos a importância de compreendermos sua estruturação, sua origem, suas reverberações no contexto atual”, falou.

De acordo com Lidiane de Melo Drapala, assessora de pesquisa do CREPOP e orientadora fiscal em exercício, essa ação faz parte de um conjunto de estratégias do Sistema Conselhos de Psicologia que também faz parte do "Movimento Estratégico pelo Estado Laico. “Em Sergipe, tivemos a procura de alguns psicólogos, problematizando as ações regionais da categoria frente à temática. Somamos forças para propor esse evento, inclusive, como um primeiro passo para a composição de um GT local que discuta a temática continua e sistematicamente”, informou. Participaram ainda do evento os conselheiros do CRP19, Fernando Antônio Nascimento da Silva, membro da Comissão de Direitos Humanos e André Luiz Mandarino Borges, responsável pela Comissão de Políticas Públicas e professor da Estácio FASE, apoiadora no evento.