GT de Psicologia Organizacional e do Trabalho discute atuação do Psicólogo nas corporações

19/05/2016 -15H30







         O Conselho Regional de Psicologia, por meio do Grupo de Trabalho   de Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT), realizou nesta quarta-feira (18), mais uma rodada de debate. Em pauta,  “Competências profissionais: o que é necessário aprender para atuar em RH e que não vemos na faculdade?”

         Segundo os coordenadores do GT,  Profa. Doutoranda Lidiane dos Anjos, Conselheira do CRP19 e o Prof. MsC. Saulo Pereira de Almeida, esses são temas necessários à atuação do psicólogo organizacional, mas que não são tratados na formação acadêmica. O encontro que contou com a participação de profissionais de Psicologia, estudantes universitários e da presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Sergipe, Cláudia Soledade, levantou questões como o que é necessário mudar e com quem se pode estabelecer parcerias para efetivar essas mudanças.

         “Assumir este espaço dentro de um Conselho de Classe é ir além do fazer prático. É promover a reflexão crítica e ética do nosso fazer, e buscar a valorização da nossa profissão junto a sociedade, alvo dos nossos serviços. Só assim alcançaremos a valorização que queremos, só assim fortalecemos a Psicologia enquanto ciência e profissão”, explicou  Lidiane dos Anjos.