CRP19 aprova propostas e elege delegados para o CNP

09/05/2016 - 22H30















         O Conselho Regional de Psicologia- 19a Região, encerrou nesse sábado, 7 de maio,  o 2º COREP- Congresso Regional de Psicologia com a eleição  de nove delegados, dois suplentes e um estudante de Psicologia que irão representar Sergipe no Congresso Nacional de Psicologia (CNP) que acontece em Brasília, no período de 16 a 19 de junho.

         Foram eleitos Psicólogos delegados titulares Maria Ilda Santos de Araújo, Alan Santana  Santos,  Karla Melo Santos,  Lidiane dos Anjos Santos Andrade, Wesley Vinícius dos Santos, Naldson Melo Santos,  Lidiane  de Melo Drapala,  Wilson Bispo Fonseca,  Maria Emília de Melo Bôto. Os Psicólogos delegados suplentes são Jameson Pereira da Silva e Josefa Irami Mendonça. Já o estudante delegado que irá acompanhar as discussões no CNP é Mário Sílvio de Souza Andrade.  

         “Durante todo o processo de debates e rodas de conversa na fase preparatória,  nós tivemos  a oportunidade de reunir profissionais de Sergipe, das mais  variadas áreas de atuação dos psicólogos,  e pudemos  partir dessas reflexões construir  uma agenda de propostas extremamente qualificada. A delegação do CRP19 estará  representada por psicólogos que participaram ativamente de todos esses espaços. Apesar de sermos o menor estado da federação, nós temos muito a contribuir, muito a defender das nossas ideias no congresso nacional”, explicou Alan Santana, delegado eleito.

         Duas propostas regionais e 27 nacionais foram aprovadas pela plenária. As teses, que serão levadas ao CNP pelos delegados eleitos, definem os rumos da psicologia no país pelos próximos três anos. As de abrangência nacional serão referência dos trabalhos dos conselheiros federais, e, as regionais, para Sergipe.


         “Com o Congresso Regional de Psicologia concluímos mais uma etapa na qual reafirmamos o compromisso social da categoria. Foram dois dias de intensas discussões, de propostas advindas do pré-congresso,  que vão definir  os rumos da psicologia até 2019,  período de atuação da próxima gestão”, explicou Adriano Barros, Conselheiro Presidente do CRP19.

         Esta edição do COREP trouxe três eixos temáticos:  organização democrática do Sistema Conselhos de Psicologia e aperfeiçoamento das estratégias de diálogo junto à categoria e sociedade (eixo 1); contribuições éticas, políticas e técnicas do processo democrático e da garantia de direitos (eixo 2) e ampliação e qualificação do exercício profissional do Estado de garantia de direitos (eixo 3).

         A mesa diretora que conduziu as discussões foi composta por Lidiane Drapala, Alan Santana Santos, Naldson Melo Santos e Henrique David Alves de Mendonça. Para a secretária executiva do Conselho Federal de Psicologia, Ana Carolina da Costa, a organização do evento e a participação efetiva dos psicólogos foram pontos marcantes do COREP Sergipe. “ O número de delegados é reduzido, mas a dinâmica e a interação dos profissionais foram de muito valor. Esse é o momento que antecede as eleições e o processo de democratização das propostas é de fundamental importância. Sem dúvida o que foi discutido e aprovado aqui vai agregar valor ao que será apresentado no CNP”, afirmou a representante do CFP.